10 Finais de Temporadas Inesquecíveis

Se tem uma coisa que eu aprendi em todos esses anos vendo séries é que não existe experiência tão boa quanto assistir a um bom final de temporada. Parece uma recompensa que você ganha após ter acompanhado sua série preferida durante um ano inteiro. Eles podem nos provocar inúmeras perguntas, nos deixar com raiva, nos emocionar ou, na maioria dos casos, nos deixar com uma vontade de esganar os criadores da série por nos fazer ter que esperar mais de um ano pra ver como vai ser o desenrolar da coisa. Pensando nisso, resolvi listar 10 finais de temporadas de séries que mais me deixaram empolgado ou emocionado de alguma forma.

1 – CSI: Crime Scene Investigation – Grave Danger (5ª Temporada);

Esse final de CSI teve direção de Quentin Tarantino, que é fã assumido da série. E o que Tarantino nos entregou foi uma declaração de amor à série, se utilizando de todas as histórias já ocorridas e dando o seu toque pessoal. De longe, pra mim, um dos melhores episódios de todo CSI e o melhor final de temporada da série.

2 – Smallville – Covenant (3ª Temporada);

Aqui Smallville ainda estava em seu auge (pra mim, esta foi a melhor das 10 temporadas) e teve esse episódio que ia caminhando no mesmo nível dos demais da série. Mas então vem aquele final ao estilo Poderoso Chefão, com Lionel Luthor preso enquanto tudo de ruim vai acontecendo aos outros personagens. Só por isso já merece destaque!

3 – Lost – Through the Looking glass Part 2 (3ª Temporada);

Pra uma temporada bem fraquinha, até que o final surpreendeu. Quem não ficou de bobeira vendo aquele Jack barbudo fora da ilha só pra descobrir que o que estávamos vendo não era o passado, mas sim o futuro dele? E ainda gritando em desespero “Nós temos que voltar!” Como assim? O cara saiu da ilha e quer voltar?

4 – House M.D – Wilson’s Heart (4ª Temporada);

Por mais que adore a série, nunca achei muita graça nos finais de temporada de House. Mas isso mudou com o episódio duplo no fim da quarta temporada. Toda a sequência de eventos foi demais, e esse é um dos meus preferidos até hoje. Wilson se despedindo da sua namorada no leito de morte é de partir o coração.

5 – House M.D – Both Sides Now (5ª Temporada);

Coloquei House duas vezes porque adoro esse outro final por dois motivos. Primeiro, o cara tá se enchendo de drogas desde o primeiro minuto da série, tava na hora de dar algum problema na cabeça dele. Segundo, o contraste entre a alegria de todos no casamento de Chase e Cameron com o drama do House se internando, tudo isso embalado por “As Tears Go By” do Rolling Stones, faz este ser pra mim um final e tanto.

6 – Friends – The One with the Proposal (6ª Temporada);

Friends foi uma série e tanto, mas pra mim este foi o melhor final de temporada da série toda. Sempre torci pra Monica e Chandler e ao final do episódio vê-los dançando ao som de “Wonderful Tonight” de Eric Clapton é do “baralho”.

7 – Hawaii 5-0 – Oia’ i’o (1ª Temporada);

Esta pra mim é atualmente a série que eu mais to curtindo. E quando eu vi este fim de temporada fiquei pasmo. O que será da Força-Tarefa 5-0 para sua segunda temporada?

8 – Supernatural – No rest for the Wicked (3ª Temporada);

Eu já espero todo fim de temporada de Supernatural só pra ouvir “Carry On My Wayward Son” do Kansas, que virou hino não-oficial da série. A gente sabia que Dean só tinha um ano de vida, mas duvido que alguém achasse que ele realmente iria pro saco ao fim dessa temporada. E por mais que todos soubessem que ele voltaria alguma hora, achei esse final muito bom.

9 – Fringe – There is more than one of Everything (1ª Temporada);

Estou em débito com Fringe, preciso ver as outras temporadas. Mas quem não ficou com cara de tacho quando Olívia finalmente se encontrou com William Bell, em participação especial de Leonard Nimoy. E pra completar, ainda se encontram no World Trade Center!

10 – 24 Horas – 6 am to 7 am (5ª Temporada);

E pra completar, ele, o terror dos terroristas, nesta que pra mim foi a melhor de todas as temporadas de 24 Horas. Jack achou que já tinha solucionado todos os seus problemas, quando é pego pelo governo chinês pela confusão no final da quarta temporada. Desgraça pouca é bobagem na vida de Jack Bauer.