Especial: CCXP 2016 – Coletiva dos Power Rangers

No 3º dia de CCXP, os astros Ludi Lin, R.J. Cyler, Naomi Scott e Dacre Montgomery estiveram presentes para divulgar a nova versão de Power Rangers para o público do evento. Durante um bate-papo muito descontraído, eles conversaram sobre o tom do filme, a série original e muito mais.

Os atores começaram com a sua relação com a clássica série quando crianças. Cyler e Lin disseram que eram fãs assíduos: “Já quebrei muitas coisas em casa quando criança, Power Rangers foi uma grande parte da minha infância.”  confessa Cyler. E Lin relembrou sair do colégio correndo para chegar a tempo de ver em casa: “Meu primeiro boneco foi o da Ranger Amarela.”

“O filme reimagina a série original” fala Naomi Scott, a ranger rosa. “O mais legal do nosso filme é que nós mostramos mais sobre os personagens, sua jornada. Eu, como atriz, adoro poder mostrar quem é a Kimberly. A jornada dos personagens é o mais importante aqui.”. E Lin, o ranger preto, complementa:“Conversamos bastante disso com Dean (Israelite, diretor do filme). Como é legal salvar o mundo com seus amigos. E como eles são mais fortes juntos. Aqui, a união deles é a chave.”

Os atores se surpreenderam com as respostas positivas que o primeiro trailer teve. Dacre, o ranger vermelho, fala que o grupo estava se preparando para o painel da New York Comic-Con quando um amigo e a mãe lhe avisaram do trailer online: “Nós vimos uma hora depois e foi muito legal poder ver todo o nosso trabalho ganhando vida, tive arrepios quando vi as cenas prontas.”. E Ludi prontamente continuou: “Foi tão legal. Havia muita incerteza sobre o visual até o trailer chegar e Dean tinha uma visão muito específica sobre o material e trabalhamos muito pra chegar até esse tom que ele queria. E nós vimos reações de fãs no youtube e era muito legal ver todos gostando.”

Os atores também falaram da presença de Elizabeth Banks como a vilã Rita Repulsa no filme: “Ela é incrível” diz Cyler, o ranger azul. “Ela é maravilhosamente má, vocês vão amar odiá-la.”. “Queríamos que Becky G pudesse ter vindo, ela teve uma incrível cena com ela” complementa Naomi.

Os atores também falaram sobre o processo para construir seus personagens, e Cyler enfatizou o fato deles não terem se inspirado nas séries originais: “Eu interpreto o Billy do filme, e não o Billy do David (Yost, o ranger azul da série clássica). Eu e Naomi gostamos de estar no momento.” E Naomi complementou o colega: “Preferimos interpretar jovens de 17 anos, acho que muita gente irá se relacionar com isso.”

“Eu voltei à escola, para me lembrar como era todo aquele clima de ser o novo estudante, o cara de fora, até encontrei dois professores da época de escola e eles acharam que eu tinha reprovado em algo.” brinca Ludi.

Dacre confessa que Jason é uma junção de todas as pessoas que ele admirou em vida: “Todos os professores, minha irmã, todos contribuíram um pouco para formar a personalidade dele pois eu, na escola, não era um Jason.”

Hoje também muito em voga está a questão da feminilidade nos filmes, e Naomi falou sobre o “Girl Power”: “Eu e Becky (a ranger amarela), após lemos o roteiro, discutimos muito sobre a relação entre nossas personagens. Também discutimos sobre o contexto escolar, aquele lance de grupos diferentes e como elas se conhecem nesse primeiro instante. Não será algo falso, elas já se gostando de cara, vai existir uma estranheza inicial entre elas, para que depois elas possam formar uma amizade.”

Sobre sequências os atores já deixam claro que querem muito voltar: “O melhor desse filme é que os personagens sempre rendem boas histórias.” Cyler começa.”Se vocês gostarem, estamos aqui, faremos mais um e mais depois. O filme é sobre a jornada dessas crianças em heróis, é algo que a série de TV não explorava.” Ludi complementa.

E ao final os atores agradeceram muito à visita ao Brasil e Ludi pediu uma licença para fazer uma homenagem ao time da Chapecoense, vitimas de um acidente de avião, deixando um cachecol autografado por ele e a equipe de futebol de Pequim: “Eles eram esportistas, modelos de caráter, e foi algo muito triste o que lhes aconteceu. Saibam que o mundo todo está com vocês nesse momento.”

Power Rangers chega ao cinema no dia 27 de março.