Crítica: American Pie: O Reencontro

Não é de hoje que as comédias adolescentes falando de sexo fazem sucesso, desde Pork’s que peitos e bundas fazem parte desses filmes. Na década de 90, American Pie veio com um grupo de amigos que estavam dispostos a tudo para perder a virgindade até a festa de formadura do segundo grau. Com isso, fomos apresentados a Jim (Jason Biggs), Kevin (Thomas Ian Nicholas), Oz (Chris Klein), Finch (Eddie Kaye Thomas), e Stifler (Seann William Scott) e suas doideiras para conseguir uma transa.

O filme se passa 13 anos depois da formatura onde todos são convidados para um reencontro da turma de formandos do ano de 99. E esse é o pretexto para que os personagens se reencontrem. São mostrados, mais velhos e maduros (na medida do possível). Jim e Michelle ainda estão casados e com um filho, Evan, mas passam por tempos complicados. Kevin também se casou e se tornou um excelente dono de casa. Oz fez fama como apresentador de TV. Finch sumiu no mundo. E Stifler continua o mesmo fanfarrão de sempre. Juntos, eles decidem aproveitar o fim de semana como nos velhos tempos de escola.

A grande sacada do roteiro da dupla Jon Hurwitz e Hayden Schlossberg, que também dirigem o longa, é explorar características próprias dos personagens de forma a realocá-los no tempo, para que passem por situações inéditas e engraçadas. Temos várias situações dignas de American Pie, como a sequência da praia com Stifler fazendo o que sabe fazer melhor. O pai de Jim que agora esta viúvo e procura um novo amor, a sequência em que Jim leva sua vizinha (e que vizinha) bêbada para a casa dela me rederam boas risadas e deixam registradas a marca American Pie.

Para quem é fã da série como eu vai adorar esse O Reecontro. Foi bom ver como os veteranos amadureceram, mas não perderam as suas essências dos primeiros filmes. Para quem curtiu a época do colegial e sente saudades, mas seguiu em frente com a vida, vai entender muito bem a ideia desse filme. Seja aprendendo a lidar com as dificuldades de um casamento, com o reencontro com antigos amores, adimitir que a vida não é tão facil e nem é  feitas somente de festas, American Pie: O Reencontro é uma ótima pedida para quem é fã da série ou apenas para quem quer curtir um bom filme de comédia.

Até a próxima…