Crítica: As Aventuras de Pi

Uma coisa que preciso reconhecer no consagrado diretor ganhador do Oscar Ang Lee é que ele tem coragem. Só assim pra fazer um filme hollywoodiano com um elenco internacional e ainda baseado num livro com um tema tão delicado, que é a Busca por Deus. Mas o diretor enfrentou todos os desafios que surgiram para nos trazer As Aventuras de Pi (Life of Pi), e nos trouxe uma linda história de sobrevivência e Fé.

O filme mostra um escritor (Rafe Spall) ouvindo a fantástica história de vida de Piscine Patel (Irrfan Khan, de O Espetacular Homem-Aranha), que ganhou o apelido de Pi por ter decorado toda a numeração dizimal da letra PI (3,14 e nem me peça os dízimos…). Ele começa com sua vida na Índia, com seu pai dono de um zoológico que decide mudar com a família para o Canadá. Mas o cargueiro onde eles estão, com todos os animais do zoo embarcados, sofre um desastre durante uma tempestade, restando vivos apenas o jovem Pi (Suraj Sharma) na companhia de um Tigre de Bengala chamado Richard Parker, onde ambos são obrigados a sobreviver num bote salva-vidas, e formam uma estranha conexão.

Cara, todo o investimento e esforço do diretor pra fazer o filme dar certo é visto na tela. A Fotografia é linda e é essencial para um filme assim. Repare a cena em que Pi vê o tigre pela primeira vez. Lee faz questão de que, assim como Pi, o público também veja bem fundo nos olhos do animal, para experimentarmos o mesmo que PI. O 3D é essencial e hiper-bem utilizado, e ajuda a compor as lindas imagens de náufrago. O próprio escritor do livro, Yann Martel, ajudou a escrever o roteiro, que em momento algum soa piegas, mas é mostrado de forma sincera, tornando a hitória de sobrevivência de Pi irresistível. Outra excelente decisão foi o elenco internacional, apesar de em grande parte serem desconhecidos do grande público, mas isso ajuda a tornar a história mais verossímil e nenhum desaponta, principalmente Sharma, já que passa grande parte do filme sozinho num bote.

As Aventuras de PI é um filme muito bonito e tocante, com uma história que mostra a Fé de modo nada forçado, mas de maneira simples e numa roupagem que todos podem entender e correlacionar. Vale a pena ser visto e revisto com certeza.

 

Life of Pi, EUA, 2012 – 127 min.

Elenco: Suraj Sharma, Irrfan Khan, Rafe Spall, Tabu, Gerard Depardieu.

Direção: Ang Lee