Crítica: Invocação do Mal

Galera como todos aqui do CeS estávamos muito ocupados (não tendo nada a ver com o fato de que nos cagamos nas calças com filmes de terror), pedimos pra nossa colega Ingrid Reis, do site Frambour, escrever essa crítica esperta pra gente. Confira:

Com certeza os fãs de um bom filme de terror não terão do que se decepcionar com essa produção de arrepiar os pelos de todo o corpo, e passa bem longe dos famosos trashes que temos visto ultimamente. Uma narração eficiente, com bons sustos e um conteúdo interessante envolvendo bruxaria e assombração.

IMG_2995.dng

Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) são investigadores paranormais de renome mundial, que foram chamados para ajudar uma família aterrorizada por uma presença maligna em uma fazenda isolada. Forçados a confrontar uma poderosa entidade demoníaca, os Warrens encontram-se presos no caso mais terrível de suas vidas.

Invocação ft 1

Não podemos esquecer que a obra é baseada numa história real, o que deixa tudo mais interessante. O roteiro dos irmãos Chad e Carey Hayes surpreende pela seriedade. O filme é cheio de referências aos grandes clássicos do terror, a fotografia é escura e cheia de sombras, e a trilha sonora está em total sincronia com a história, o que ajuda a compor o clima de suspense.

Algumas sequências são realmente de trincar os dentes. Todo o elenco tem bons momentos, desempenhando muito bem os seus papéis. O que torna Invocação do Mal um filme obrigatório para quem é fã de um bom filme de terror.

 

The Conjuring, EUA, 2013 – 112 min.

Elenco: Patrick Wilson, Vera Farmiga, Ron Livingston, Lily Taylor, Joey King.

Direção: James Wan.