Crítica: Jack Reacher – O Último Tiro

Galera Tom Cruise é mesmo O cara ! Só isso mesmo pra explicar o fato de que de uns anos pra cá, o ator tem investido pesado em filmes de ação, principalmente na sua franquia Missão:Impossível, onde a cada filme que passa o ator vem fazendo manobras mais físicas, mais elaboradas e fazendo questão de não usar dublê. E disposição pro ator não falta, só esse ano veremos Cruise na telona 3 vezes, em 3 filmes de correria e em seu primeiro lançamento, Jack Reacher – O Último Tiro (One Shot), Cruise mostra que de ação ele entende muito bem.

O filme é baseado no livro de mesmo nome de Lee Child, em que mostra um possível complô para incriminar um atirador de elite do exército acusado de matar 5 pessoas. Sendo preso, ele só faz um pedido para a promotoria: “Traga Jack Reacher !” E aí entra ele, cheio de marra, no jeitão Cruise de ser. Cruise deve ter captado bem as características do personagem, ele compõe personagens muito bem, mantendo o jeitão “pé na porta e soco na cara” do personagem, até pra compensar o fato de que fisicamente ele não tem nada a ver com a descrição que Lee Child faz de Reacher no livro (só pra constar, Reacher é descrito com 1,98 m. enquanto Cruise, bem, vocês sabem, é o Cruise). E já que basicamente todo o filme é focado em Reacher, somos os seus olhos e raciocínio enquanto Cruise vai nos guiando e descobrindo mais sobre a armação, e ele sabe como ninguém ser e se manter como o centro das atenções.

Como Cruise leva praticamente o filme todo sozinho não sobra muito espaço para o resto do elenco, e eles naõ fazem lá grande coisa mesmo, mas pelo menos não deixam a peteca cair. Rosamund Pike é só olhos, bocas e peitos (é sério, ele passa o filme todo usando uns decotes muito generosos), Richard Jenkins e David Oyelowo fazem o básico, embora Oyelowo tenha que melhorar muito pra fazer o básico como Jenkins. Desses todos o que se deu melhor foi Robert Duvall, até pelos seus diálogos hilários com Reacher.

Bem, depois de Jack Reacher, Cruise investindo cada vez mais em filmes de ação e numa disposição cada vez mais notável, só me resta imaginar uma coisa: Ele tá cavando o seu caminho para tentar entrar no time dos Mercenários, é a única explicação ! E com Jack Reacher, Tom Cruise já pode fazer uma excelente carta de apresentação.

 

Jack Reacher, EUA, 2012 – 130 min.

Elenco: Tom Cruise, Rosamund Pike, David Oyelowo, Richard Jenkins, Jai Courtney, Robert Duvall.

Direção: Christopher McQuarrie.