Crítica: O Concurso

Galera, quando vi o trailer de O Concurso, nova comédia brasileira do estreante na direção Pedro Vasconcelos, pensei logo de cara que veria uma versão brasileira de Se Beber, não Case!, o que embora não seja original, não seria de todo ruim. Afinal, nossos atores, em especial os de comédia, são tão bons quanto os deles. O que eles só precisam são mentes criativas que façam uma história interessante o suficiente para explorar os seus talentos, coisa que não acontece aqui.

O filme até tem uma premissa interessante: o mundo dos concursos públicos, em especial o concurso para Juiz Federal onde, para a última fase, sobram apenas 4 candidatos – o tímido Bernardinho (Rodrigo Pandolfo), o malandro Caio (Danton Mello), o machão Rogério Carlos (Fábio Porchat) e o mandingueiro Freitas (Anderson Di Rizzi). Como os rapazes tem um fim de semana antes da fatídica prova, eles resolvem curti-lo na Cidade Maravilhosa e arranjam muita confusão.

O problema principal do filme são os personagens, totalmente estereotipados. Tudo bem que por se tratar de uma comédia, deve haver certos exageros propositais, para aumentar a comédia, mas aqui isso passa do ponto. A maior prova disso é o lado malandro do Danton Mello, retratando o carioca que sempre dá um “jeitinho” pra resolver as coisas e fugir dos seus problemas, ou o fato de brincar com a masculinidade do gaúcho Rogério (típicas piadas de Casseta & Planeta), embora este último tenha gerado boas piadas por parte de Jackson Antunes. Mas boa parte das piadas, embora arranque alguma sinceras risadas, caem naquele mesmo lugar comum: o de serem piadas recicladas de outros veículos. Como eu disse antes, não precisa ser original, contanto que seja bem feito.

Também tem cenas totalmente sem necessidade, a maior delas com Sabrina Sato. Embora sua personagem até seja engraçada e uma das poucas que vale, fica claro que ela só está ali pela necessidade de se ter uma gostosa passeando pelo filme. No geral, O Concurso é um filme fraco, com um final óbvio, que poderia ser muito mais divertido se fosse mais simples e menos carregado de estereótipos. Uma pena, pois filmes assim só fazem o público pensar que o cinema brasileiro não avança e fica nessas mesmas piadas sem graça.

 

O Concurso, Brasil, 2013 – 87 min.

Elenco: Danton Mello, Anderson Di Rizzi, Rodrigo Pandolfo, Fabio Porchat, Carol Castro, Sabrina Sato, Jackson Antunes, Érico Braz.

Direção: Pedro Vasconcelos.