Crítica: Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos

Galera, pedimos pra nossa colega Ingrid Reis, do site Frambour, escrever essa crítica maneira de Os Instrumentos Mortais. Divirtam-se!

Baseado no primeiro livro da bem sucedida série literária de Cassandra Clare, “Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos” entra em cartaz nesta quarta-feira, dia 21 de agosto. A produção é uma grande promessa e vai causar discórdia, alguns vão amar e outros vão odiar.

A trama gira em torno Clary Fray (Lily Collins), uma garota aparentemente normal, que tem sua mãe Jocelyn (Lena Headey) atacada e levada de sua casa em Nova York por um demônio.  Ao ir atrás da mãe, Clary descobre um mundo completamente diferente do que ela está acostumada, cheio de demônios, magos, fadas, lobisomens e outros seres fantásticos. Para ajudá-la, Clary conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.

Infelizmente o filme deixa muito a desejar, o roteiro não é bem desenvolvido e deixa claros furos na história, muitas coisas são mal contadas e pouco explicadas. Algumas partes serão confusas para quem não leu o livro.

A direção e o elenco também não surpreendem. Os atores são muito superficiais e não encontram a essência de seus personagens, na maioria das vezes eles parecem perdidos nas cenas. Lily Collins é a melhorzinha, impossível não ver que a atriz está tentando melhorar sua atuação. Ela ainda não pode ser considerada uma grande atriz, mas está melhorando.

Os efeitos especiais são bons, mas a falta de uma trilha sonora adequada impede que o espectador “sinta” a trama.

Um dos maiores erros da produção é a tentativa falha de se parecer com “Crespúsculo”, a história não tem nada a ver e muito menos os personagens. Como adaptação o filme é uma porcaria, erros de cronologia e há spoilers dos próximos livros.

Ainda assim, alguns vão gostar. Portanto, não deixe de conferir “Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos” e tire sua própria conclusão. Só nos resta torcer para que sua continuação, “Os Instrumentos Mortais – Cidade das Cinzas”, prevista para o próximo ano, seja melhor.

 

The Mortal Instruments – City of Bones, EUA, 2013 – 130 min.

Elenco: Lily Collins, Jamie Campbell Bower, Robert Sheeran, Kevin Durand, Lena Hadey, Jonathan Rhys Meyers

Direção: Harald Zwart